Nosso lugar entre cometas

TBR de Dezembro - Queria Estar Lendo

O Sistema Solar é composto por vários corpos celestes, incluindo planetas, satélites, asteroides e cometas. Os cometas são conhecidos por sua aparência brilhante e por suas órbitas elípticas, o que os diferencia de outros corpos celestes. Eles são compostos principalmente de gelo e poeira e são considerados restos da formação do Sistema Solar.

Mas onde exatamente nos encaixamos nesse contexto de cometas? Bem, a Terra é um planeta do Sistema Solar e, portanto, não é um cometa. No entanto, ela pode ser afetada pelos cometas de várias maneiras.

Por exemplo, os cometas podem trazer materiais para a Terra quando eles passam perto dela. Esses materiais podem incluir água, minerais e até mesmo aminoácidos, que são blocos de construção de proteínas. Alguns cientistas acreditam que os cometas podem ter trazido esses materiais para a Terra durante a sua formação, o que teria ajudado a criar condições favoráveis à vida.

Os cometas também podem afetar o clima da Terra de várias maneiras. Por exemplo, quando um cometa passa perto da Terra, ele pode soltar poeira e partículas na atmosfera, o que pode afetar a quantidade de luz solar que atinge a superfície da Terra. Isso pode, por sua vez, afetar as temperaturas e os padrões climáticos na Terra.

Além disso, os cometas também podem colidir com a Terra, o que pode ter consequências catastróficas. Essas colisões podem liberar grandes quantidades de energia e causar extinções em massa, como a extinção dos dinossauros há cerca de 65 milhões de anos. No entanto, esses eventos são muito raros e ocorrem a cada milhão de anos ou mais.

Em resumo, os cometas são corpos celestes fascinantes que podem afetar a Terra de várias maneiras, mas não fazem parte do Sistema Solar da mesma forma que os planetas. A Terra é um planeta que pode ser afetada pelos cometas, mas não é um cometa em si.

Nosso Lugar entre Cometas - Fernanda Nia (NOVO) | Shopee Brasil

Shopee