Questao anulada oab 35

Anulação OAB: Como funciona?

A questão anulada da OAB 35 é um assunto que tem gerado muita discussão e polêmica entre os estudantes de direito e os profissionais da área. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é o órgão responsável por realizar o Exame de Ordem, um exame obrigatório para todos os advogados que desejam atuar no país. O exame é realizado duas vezes ao ano e é composto por uma prova teórica e uma prova prática.

A questão anulada da OAB 35 foi uma questão incluída na prova teórica do Exame de Ordem realizada em 2020. Após a realização da prova, muitos estudantes e advogados apontaram a existência de erros na questão, o que levou a OAB a anulá-la.

A questão anulada da OAB 35 foi muito polêmica, pois muitos estudantes que haviam acertado a questão ficaram sem saber se o ponto seria computado ou não. Além disso, a anulação da questão gerou uma série de questionamentos sobre o critério utilizado pela OAB para anular a questão e sobre o impacto que isso teria na classificação dos estudantes.

A OAB se defendeu dizendo que a questão foi anulada porque ela foi redigida de forma equivocada e não refletia corretamente a legislação vigente. Além disso, a OAB afirmou que a anulação da questão não afetaria a classificação dos estudantes, pois a nota final seria calculada com base nas outras questões da prova.

Apesar da explicação da OAB, a questão anulada da OAB 35 continuou gerando muita controvérsia e foi alvo de diversos questionamentos e críticas. Muitos estudantes e advogados acharam que a anulação da questão foi injusta e que ela prejudicou os estudantes que haviam acertado a questão. Outros argumentaram que a anulação da questão foi necessária para garantir a qualidade e a integridade do exame.

Em resumo, a questão anulada da OAB 35 foi um assunto muito polêmico que gerou muita discussão e controvérsia entre os estudantes de direito e os profissionais da área. Apesar da explicação da OAB, muitos continuam questionando a decisão de anular a questão e o impacto que isso teve na classificação dos estudantes.

OAB suspende correção de prova por suspeita de vazamento - Educação e  Tecnologia - Campo Grande News

Campo Grande News