Segundo o texto logo após a sua independência qual o tipo de governo foi estabelecido no brasil

Brasil Império: início, fases, declínio e fim - Mundo Educação

O Brasil foi colonizado pelos portugueses e permaneceu sob o domínio da Coroa Portuguesa até 1822, quando o príncipe regente D. Pedro I proclamou a independência do país. Após a independência, o Brasil passou a ser uma monarquia constitucional, com D. Pedro I sendo proclamado imperador do Brasil.

A Constituição de 1824 estabeleceu um sistema político baseado no constitucionalismo, com a divisão de poderes e a proteção de direitos individuais. No entanto, essa constituição foi muito curta e teve pouca influência na vida política do país.

Em 1831, ocorreu uma revolta militar liderada por D. Pedro I, que levou à sua abdicação em favor de seu filho, D. Pedro II. D. Pedro II tornou-se o segundo imperador do Brasil e governou o país até 1889, quando foi deposto pelo golpe militar que instaurou a República no Brasil.

A República foi estabelecida por meio da Proclamação da República, realizada em 15 de novembro de 1889, e marcou o fim da monarquia no Brasil. A primeira Constituição Republicana foi promulgada em 1891 e estabeleceu um sistema presidencialista, com o presidente da República exercendo o poder executivo e o Congresso Nacional exercendo o poder legislativo.

Desde então, o Brasil tem sido governado como uma república presidencialista, com o presidente da República sendo o chefe de Estado e o chefe de governo. No entanto, o país também já passou por períodos de ditadura militar e instabilidade política, o que afetou a estabilidade e a eficácia do governo.

Em resumo, após a independência do Brasil, foi estabelecida uma monarquia constitucional, seguida por um período de República presidencialista que tem durado até os dias atuais.

Primeira República Brasileira – Wikipédia, a enciclopédia livre

Wikipédia