Mamute-lanoso

Mamute extinto há 10 mil anos pode ser ressuscitado com investimento de US$  15 milhões | Hypeness inovação e criatividade para todos

Mamute-lanoso: um animal extinto da Era do Gelo

O mamute-lanoso é um animal extinto que viveu durante a Era do Gelo. Ele era um mamífero herbívoro e possuía um pelo espesso e longo que o protegia do frio intenso da região onde vivia. O mamute-lanoso era parente próximo do elefante moderno e possuía uma tromba curta e larga, o que o ajudava a se alimentar de folhas e ervas.

Apesar de seu tamanho imponente e de seu pelo protetor, o mamute-lanoso não conseguiu sobreviver às mudanças climáticas que ocorreram durante a transição para a Era Holocena. Ele foi extinto há cerca de 10 mil anos, deixando para trás apenas fósseis e restos fossilizados.

O habitat do mamute-lanoso

O mamute-lanoso habitava as regiões frias e úmidas da Europa, Ásia e América do Norte durante a Era do Gelo. Ele se adaptou a esses ambientes rigorosos, desenvolvendo um pelo espesso e longo para se proteger do frio intenso e da neve. Além disso, o mamute-lanoso era capaz de se alimentar de ervas e folhas durante o inverno, quando a comida era escassa.

O tamanho e a aparência do mamute-lanoso

O mamute-lanoso era um animal imponente, com um tamanho que podia chegar a até 4 metros de altura e 11 toneladas de peso. Ele possuía uma tromba curta e larga, o que o ajudava a se alimentar de folhas e ervas. Além disso, o mamute-lanoso tinha grandes presas, o que lhe permitia roer e triturar a comida. O pelo espesso e longo do mamute-lanoso era branco ou cinza claro, o que o ajudava a se camuflar na neve durante o inverno.

A dieta do mamute-lanoso

O mamute-lanoso era um animal herbívoro que se alimentava principalmente de ervas e folhas. Ele usava sua tromba curta e larga para apanhar a comida e suas grandes presas para triturá-la. O mamute-lanoso também era capaz de se alimentar de raízes e cascas de árvores durante o inverno, quando a comida era escassa.

A extinção do mamute-lanoso

O mamute-lanoso foi extinto há cerca de 10 mil anos, durante a transição para a Era Holocena. A principal causa da extinção desse

Calaméo - E-Book Mamute

Calameo