Por que os astrônomos enviam telescópios ao espaço em vez de observar os astros da terra

COMO O JAMES WEBB PODE AJUDAR NO MELHOR ENTENDIMENTO DO PASSADO E DO FUTURO  DO UNIVERSO?

Os astrônomos enviam telescópios ao espaço em vez de observar os astros da Terra por várias razões. Uma das principais é que a atmosfera terrestre pode interferir na observação dos astros, distorcendo a luz que chega daqueles objetos. Isso pode dificultar a observação precisa de detalhes finos, como a composição química de uma estrela ou a estrutura de uma galáxia.

Outra razão é que o espaço é muito mais escuro do que a Terra, o que permite uma melhor observação de objetos distantes e fracos, como os primeiros estágios de formação de estrelas ou galáxias. Além disso, o espaço é menos propenso às perturbações causadas pelo clima, como tempestades elétricas ou nevoeiro, que também podem afetar a qualidade da observação.

Enviar telescópios ao espaço também permite aos astrônomos acessar um conjunto mais amplo de comprimentos de onda eletromagnéticos, como raios-X e raios gama, que são bloqueados pela atmosfera terrestre. Isso permite aos astrônomos ver além da luz visível e obter uma visão mais profunda do universo.

Além disso, o espaço oferece condições mais estáveis ​​para a observação do que a Terra, pois não há movimentos tectônicos ou alterações climáticas que possam afetar a estabilidade de um telescópio. Isso torna mais fácil para os astrônomos obter imagens de alta qualidade e medir as propriedades dos astros com precisão.

Em resumo, os astrônomos enviam telescópios ao espaço em vez de observar os astros da Terra porque isso permite observações mais precisas e detalhadas, bem como acesso a um conjunto mais amplo de comprimentos de onda eletromagnéticos. Além disso, o espaço oferece condições mais estáveis ​​para a observação do que a Terra, o que torna mais fácil para

Por que enviamos telescópios ao espaço? – Espaço do Conhecimento UFMG

www.ufmg.br