Desconto de irrf 2022

INSS e IRRF 2022: Planilha para simulação de cálculo - Blog Práticas de  Pessoal

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício concedido pelo governo federal a trabalhadores de carteira assinada que têm como objetivo complementar o salário dos trabalhadores e promover a inclusão social. O pagamento do PIS ocorre todos os anos, e o calendário de pagamento para o ano de 2023 ainda não foi definido pelo governo.

No entanto, é importante ficar atento ao calendário de pagamento do PIS, pois ele pode variar de acordo com o ano e também de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. O pagamento do PIS é feito em duas parcelas, sendo que a primeira parcela é paga em maio ou junho e a segunda parcela é paga em novembro ou dezembro.

Para ter direito ao PIS, o trabalhador deve cumprir alguns requisitos, como ter trabalhado pelo menos 30 dias com carteira assinada no ano anterior ao da solicitação do benefício, ter renda mensal de até dois salários mínimos e estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Para saber mais sobre o calendário de pagamento do PIS e outras informações sobre o benefício, é importante acessar o site da Caixa Econômica Federal, que é a instituição responsável por realizar o pagamento do PIS. Lá, é possível encontrar informações atualizadas sobre o calendário de pagamento e também sobre como solicitar o benefício.

Além disso, é importante lembrar que o PIS é um benefício exclusivo para trabalhadores com carteira assinada, e que os trabalhadores autônomos ou informais não têm direito ao benefício. No entanto, existem outros programas e benefícios oferecidos pelo governo federal destinados a esses trabalhadores, como o Seguro Desemprego e o Bolsa Família.

Em resumo, o calendário de pagamento do PIS para o ano de 2023 ainda não foi definido pelo governo. No entanto, é importante ficar atento ao calendário de pagamento do PIS e cumprir os requisitos para ter direito ao benefício. Para mais informações, é importante acessar o site da Caixa Econômica Federal ou entrar em contato com a instituição.

Reforma tributária: quem ganha R$ 4.500 pagaria R$ 1.057 a mais de IR -  03/07/2021 - UOL Economia

UOL Economia