Violência contra as mulhere resumo

Todo apoio ao AGOSTO LILÁS, mês de conscientização pelo fim da violência  contra a mulher | FINDECT

A violência contra as mulheres é um grave problema de saúde pública e direito humano que afeta a vida de milhões de mulheres em todo o mundo. Ela pode assumir muitas formas, incluindo violência física, sexual, psicológica, econômica e até mesmo violência institucional, e pode ter sérias consequências para a saúde física e mental das mulheres e suas famílias.

A violência contra as mulheres é uma expressão de desigualdade de gênero e é perpetuada por uma cultura de discriminação e desrespeito pelas mulheres. Ela é frequentemente usada como uma forma de controlar e oprimir as mulheres, e pode ser encontrada em todas as camadas da sociedade, independentemente da raça, classe, religião ou nacionalidade.

Infelizmente, a violência contra as mulheres é muitas vezes tolerada e até mesmo justificada em muitas sociedades, e muitas vezes as vítimas são culpadas pelo próprio abuso. Isso pode tornar difícil para as mulheres buscarem ajuda e proteção, e muitas vezes leva à violência contínua e ao aumento da vulnerabilidade das mulheres.

Para combater a violência contra as mulheres, é importante promover a igualdade de gênero e a empoderamento das mulheres, bem como garantir que as mulheres tenham acesso a serviços de apoio e proteção. Também é importante responsabilizar os agressores e garantir que as mulheres tenham acesso a justiça.

É vital que todos nós nos comprometamos a acabar com a violência contra as mulheres e a promover uma sociedade mais justa e igualitária para todas as pessoas. Isso exige mudanças de atitudes e comportamentos, bem como políticas e leis que protejam e defendam os direitos das mulheres.

Cartilha ajuda mulheres a identificar sinais de perigo de violência  doméstica | Rio de Janeiro | G1

G1 - Globo