Cid celulite orbitaria

Coriorretinopatia Serosa Central - Oftalmologia Especializada

Cid Celulite Orbitária: uma doença grave que afeta a órbita ocular

Cid celulite orbitária é uma doença grave que afeta a órbita ocular, ou seja, a região do crânio que contém o globo ocular. Ela é causada por uma infecção bacteriana e pode levar a graves complicações, como a perda da visão, se não for tratada de forma adequada.

Sintomas da cid celulite orbitária Os sintomas da cid celulite orbitária incluem dor e inchaço na região da órbita ocular, vermelhidão e sensibilidade à luz, alterações na visão, inclinação da cabeça para um lado, e febre. É importante procurar atendimento médico imediatamente se algum desses sintomas for observado, pois quanto mais cedo a doença for tratada, maiores são as chances de recuperação completa.

Causas da cid celulite orbitária A cid celulite orbitária é causada por uma infecção bacteriana que pode ter sido transmitida por meio de uma lesão na pele, como uma ferida, ou por meio de outras infecções, como sinusite. A doença também pode ser causada por um abscesso no olho ou na região da órbita.

Tratamento da cid celulite orbitária O tratamento da cid celulite orbitária inclui o uso de antibióticos para combater a infecção e aliviar os sintomas. Em alguns casos, pode ser necessária a realização de cirurgia para drenar o abscesso ou para remover tecido infectado. O tratamento também pode incluir medidas de suporte, como o uso de compressas frias para aliviar a dor e o inchaço.

Prevenção da cid celulite orbitária Para prevenir a cid celulite orbitária, é importante manter a higiene adequada da região dos olhos e do rosto, evitar coçar ou esfregar os olhos com as mãos sujas e tratar de forma adequada qualquer infecção ocular ou nasal. Também é importante procurar atendimento médico imediatamente se surgirem quaisquer sinais de infecção ocular ou da região da órbita.

Conclusão A cid celulite orbitária é uma doença grave que pode levar a graves complicações se não for tratada de forma adequada. É importante ficar atento aos sintomas e procurar atendimento

Protocolo de Regulação de Consulta Oftalmológica

Secretaria de Saúde do Distrito Federal